Nessa-139

 

Nossa, 10 anos de casados é muita coisa! rs…agora, 17 anos juntos no total.

O que dizer?

Vem uma retrospectiva na mente, de toda nossa história, de tudo que passamos pra permanecermos juntos. Desde o namoro, foram muuuuuuuuuuuuuuuuuitas lutas, e não foram lutas bobinhas, passamos por coisas muito punks, mas até aqui nos ajudou o Senhor.

Quando a crise dos 7 chegou foi punk, e eu não acreditava nela…kkkkkkkkkkkkkkkkkkk…depois dela tivemos outras duas e parecia que tudo ía acabar. Só parecia. Superamos todas elas e aqui estamos, mais maduros, caminhando juntos como sempre foi.

Sabe, existem pessoas viciadas na fase da conquista (e cara, é uma fase muito gostosa, reconheçamos! hahahah), mas existem níveis no relacionamento. A fase da conquista é incrível, mas é muito superficial. Existem pessoas tão viciadas nessa fase que trocam seus relacionamentos quando essa fase passa. Eu vi uma entrevista com Roberto Justus e ele dizia ser viciado nessa fase, com isso ele casou algumas vezes…rs…ele escolheu cair fora todas as vezes que sentiu que essa fase tinha acabado. Isso fora os namoros e relacionamentos casuais que teve durante a vida. Existem pessoas que vão passar a vida toda trocando seus parceiros, pois apenas escolheram viver a adrenalina da consquista a vida toda.

O legal é que existem outras fases e outros níveis dentro de um relacionamento, e se a pessoa termina com uma e parte pra outra, ela nunca viverá o relacionamento entre homem e mulher de forma plena. Partir para outro relacionamento, não é a solução (na maioria das vezes), exceto em casos extremos, como o de violência por exemplo. O que eu quero dizer com isso? Que cair fora de um relacionamento por causa da rotina, por ansiar adrenalina não é legal, pois a fase da conquista vai passar como em qualquer relacionamento, pois isso é normal e necessário para mudar o relacionamento de nível. É muito mais interessante subir de nível com a pessoa que escolhemos casar, do que voltar e começar, e começar (…) outros relacionamentos. Essa frase é clichê, mas é muito verdadeira: o difícil não é conquistar várias pessoas, mas a mesma pessoa todos os dias. (ela cabe bem nesse texto…rs…)

Preciso dizer que casamento é que nem jogo de videogame, cada fase tem um desafio maior pra se vencer. Existem provações “externas”(considero mais fáceis) e “internas” (crise conjugal), a vida traz circunstâncias diferenciadas e precisamos aprender a lidar com todas elas. Depois de passar por crise no casamento tive a certeza que ela vem para elevar o nível do relacionamento, não para acabar com ele. A crise vem pra causar mudanças necessárias dentro do relacionamento, só que as crises são vistas de formas muito ruins por nós, por envolver muito sofrimento, e ninguém gosta de sofrer, por isso ela assusta tanto. Muitos desistem do casamento durante a crise, mas há uma recompensa depois dela, há mudanças significativas quando você ao invés de terminar o relacionamento, resolve permanecer nele. Se você está em crise, te aconselho: permaneça com seu cônjuge! Você receberá as mudanças que tanto quer no seu parceiro(a) de recompensa. Da mesma forma seu cônjuge verá as mudanças em você depois dela.

Eu escolhi namorar, noivar, casar, ter filha e viver para sempre com uma pessoa só, o desafio é grande, sabemos que não é fácil, mas meu desejo é passar por todas  as fases e ir subindo de nível em nosso relacionamento até Jesus voltar. Casamento foi criado por Deus para ser pra sempre sim. E essa é a minha escolha, e a escolha do senhor meu marido Alexsandro (rs…).

Mas e as comemorações dos 10 anos de casados?

Estamos comemorando em casa mesmo, de forma simples. Fiquei triste por não termos grana pra viajar, (10 anos merecem uma baita comemoração! rs…) mas eu sempre acabo entendendo. Eu disse pra ele que o importante é sermos felizes como somos no dia-a-dia, triste mesmo seria se nos alegrássemos apenas em viagens e passeios (ambos são raros!rs…). Sermos felizes na convivência é o que realmente importa, mas minha viagem eu vou cobrar, e quanto mais o tempo passar mais meu nível de exigência vai aumentar…kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Brincadeiras a parte, o meu maior presente é ter um amor verdadeiro. Amar e ser amada não tem preço.

Eu sou do meu amado, e o meu amado é meu. Pra sempre!

Obrigada meu Deus! <3